AS PEDRAS DO CAMINHO

- Manoel Brasília

Relato

No Caminho de Santiago deixamos ao longo das trilhas as nossas pegadas de peregrino.

Os primeiros dias são difíceis e pequenos detalhes escapam sem percebermos. Mas as pedras do caminho começam logo a fazer parte do nosso cotidiano. Elas existem de vários formatos e nas mais diversas posições. E como maltratam aos poucos os pés e depois todo o corpo!

Com o passar do tempo vamos nos acostumando e passamos a notar a sua importância em nosso caminho. Em alguns lugares onde passamos, amontoadas a beira da estrada, elas passam a representar a passagem de um peregrino.

Cada um que passa deixa a sua pedra, que vai compondo um quadro perfeito cheio de uma energia invisível.

Todos nós temos as nossas pedras ao longo das caminhadas pela vida e parece que aqui as estamos colocando ao longo das trilhas, de forma solene.

Só Deus sabe o que guardam milhares delas no Caminho de Santiago.

Manoel Brasília

R E L A T O S